Bauru vence São Bernardo e garante primeiro lugar no grupo

Bauru vence São Bernardo e garante primeiro lugar no grupo

 

Equipes de vôlei feminino se enfrentaram nesta manhã de quinta-feira, 20, pelo 36º Jogos Abertos da Juventude em Marília.

Na última partida pela segunda fase da competição, as bauruenses e as são-bernardenses jogaram para decidir a primeira posição do grupo, já que ambos times estão classificados para as semifinais, que começam nesta sexta-feira.

Com uma defesa forte e finalizando para quebrar a linha de defesa São Bernardense, a levantadora Letícia Corrêa, 18, alega que elas tiveram uma queda de rendimento no começo da partida, mas que “como o grupo é unido, conseguimos reverter e abrir vantagem.” No começo do primeiro set, estava 7 a 5 para São Bernardo, mas a cidade de Bauru logo virou e abriu vantagem para 13 a 8.

Em seguida, o jogo foi favorável para Bauru. Ao vencer os dois primeiros sets, por 25 a 18 e 25 a 14, a equipe bauruense vem como umas das favoritas para as semifinais. “Mais difícil agora é manter o foco das meninas. A semifinal continua com esse jogo melhor de três (set), isso as vezes é meio perigoso, se não entra bem” afirma o técnico bauruense Rodolfo Pereira.

Meninas de Pindamonhangaba vence Barretos e já se prepara para a semifinal

Equipe pindamonhangabense não teve dificuldades para vencer o adversário por 65 a 14

Nesta manhã de quinta-feira, 20, as equipes se enfrentaram pela última partida antes das semifinais do 36º Jogos Abertos da Juventude, sediado em Marília até próximo dia 22. Apesar da larga vantagem no placar, o técnico de Pindamonhangaba, Luís Bondiolli, afirma que a grande pontuação não faz com que a equipe entre sem foco na próxima partida. “O placar é apenas o resultado, o desempenho dentro de quadra é o que importa e amanhã vamos com tudo de novo”.

Durante a partida, Barretos teve mais dificuldades para sair jogando, enquanto Pindamonhangaba fazia uma marcação individual e no campo do adversário. Logo no primeiro set, as meninas de pinda abriram vantagem, 19 a 06, e administraram durante o restante da partida. No segundo set, Pinda chegou a pontuar 46, contra 06 de Barretos. Ao final da partida, acabou 65 a 14 para as meninas pindamonhangabense.

Para as jogadoras alas pindamonhangabense Bárbara, 17, e Ana Beatriz, 17, vale tudo para controlar a ansiedade para as partidas da semifinais. “Cada um tem um ritual antes do jogo. Tem algumas que fazem até maquiagem do jogo, eu gosto um pouco disso. “ afirma Bárbara. Já Ana diz que a maquiagem é mais básico mesmo, como “uma base, que é rápido”, declara Ana Beatriz.

Meninas de Jundiaí vencem Penapólis e ficam em terceiro no grupo F

Apesar da vitória, equipe feminina de vôlei não se classificou para as semifinais

Nesta manhã de quinta-feira, 20, ambos times se enfrentaram em última partida válida pela segunda fase do 36º Jogos Abertos da Juventude, sediado em Marília até o próximo dia 22. Jundiaí não teve dificuldades durante o jogo e venceu por 2 a 0 em sets.

Apesar de não se classificar, o técnico jundiaiense Ademir Zamboni, afirma estar satisfeito com a equipe na competição. “Queríamos encerrar os jogos com uma boa vitória e conseguimos, o nível da competição está muito alto”. Além da vitória, há possibilidade de Jundiaí ficar em quinto na classificação geral, o que seria “de grande importância para a cidade. Pegamos equipes difíceis durante os jogos, estamos contentes com os resultados. “ declarou o técnico.

A atleta jundiaiense Izabella Marcelo, 18, queria a classificação, mas também ressalta a postura do time. “Começamos bem a competição, duas vitórias e depois nos perdemos um pouco. Mas a equipe está de parabéns, lutamos e levamos de experiência. “

E Jundiaí venceu Penápolis sem grandes dificuldades, ao vencer pelos placares de 25 a 18 e 25 a 16 em sets. Para Izabella, a equipe soube aonde explorar no adversário. “Agredimos bem no saque, conseguimos desesquilibrar a linha de passes delas (quando há duas ponteiras e uma líbero para passar a bola) “, finaliza a jogadora.